Dólar opera em queda, de olho no exterior.

< Voltar

09/09/2020

O dólar opera em queda nesta quarta-feira (9), com as tensões com os Estados Unidos e a queda dos preços do petróleo contendo o apetite por risco.

Às 9h20, a morda norte-americana caía 0,73%, vendida a R$ 5,3244.

Na véspera, a moeda norte-americana subiu 1,07%, cotada a R$ 5,3636. Na parcial do mês, acumula baixa de 2,14%. No ano, tem valorização de 33,76%.

O Banco Central fará nesta quarta-feira leilão de swap tradicional para rolagem de até 12 mil contratos com vencimento em março e julho de 2021.

Cenário

 

O mercado acionário da China registrou a maior queda em seis semanas nesta quarta-feira após as perdas em Wall Street, com as tensões com os Estados Unidos e a queda dos preços do petróleo. Wall Street fechou em queda na terça-feira, conforme grandes pesos de tecnologia chegaram à terceira sessão seguida de liquidação, levando o Nasdaq a território de correção. Além disso, os preços do petróleo atingiram mínimas que não eram vistas desde junho.

Os investidores também estão cautelosos antes da eleição presidencial nos Estados Unidos em novembro, com expectativa de que o presidente Donald Trump aumente a pressão sobre a China como parte de sua estratégia de campanha.

Pesa ainda a cautela global diante de atrasos nos testes de uma candidata a vacina para a Covid-19.

Na cena local, as atenções seguem voltadas para as discussões em torno do Orçamento de 2021 e da reforma administrativa.